Operações marítimas com carbono neutro: conheça os principais benefícios!

cabotagem carbono neutro
6 minutos para ler

A realização de operações marítimas com carbono neutro é um tema atual e relevante e traz diversas vantagens. Elas contemplam tanto o meio ambiente quanto as empresas. Entender mais sobre seus efeitos é importante, pois, além de estimular práticas eco-friendly, ainda aprimora a gestão de recursos das agências marítimas no Brasil.

Para aprofundar a compreensão no assunto, entrevistamos dois profissionais que podem contribuir com o tema: Rodrigo Feria, Gerente de Vendas de Mercado Marítimo — Sotreq/Caterpillar, e Jean-David Caprace, Professor e Coordenador do Programa de Engenharia Oceânica da UFRJ/COPPE.

Para quem deseja conhecer os benefícios de otimizar a pegada ecológica, a leitura é mais que aconselhada!

O que é a emissão de carbono neutro?

Esse conceito fala sobre o cálculo total das emissões geradas por um serviço — que pode ser na produção industrial, ou mesmo na área da navegação, nas navegações intercontinentais e na cabotagem. A ideia por trás dele é reduzir os impactos no meio ambiente, entre diversos obstáculos, a liberação de gases que contribuem para o efeito estufa e as mudanças climáticas.

Além de buscar por combustíveis alternativos na hora de realizar as operações de agências marítimas, investir no balanceamento por meio da compensação também é uma boa prática. Isso significa comprar créditos de carbono ou recuperar áreas florestais degradadas.

A definição do que é conhecido como carbono neutro se fortaleceu em 2015, por meio da adoção do Acordo de Paris. Atualmente, o tema se torna imprescindível em empresas de todos os setores, inclusive o marítimo. Na hora de lidar com ele, existem alguns empecilhos. “No que tange os novos combustíveis, alguns desafios são: armazenamento, infraestrutura e custo. Quando pensamos em redução efetiva de emissões, algumas vezes são necessários investimentos significativos”, explica o gerente de vendas, Feria.

Contudo, mesmo com alguns entraves em vista, é fundamental entender de que maneira a aposta nas operações marítimas com carbono neutro, de fato, é feita. Afinal, os benefícios podem superar as dificuldades.

Como funciona na prática?

Segundo o professor Caprace, o país está no caminho certo no que diz respeito ao uso alternativo de combustíveis. “O Brasil, em termos de geração elétrica, produz muita energia com a água. É o país que mais fornece energia por meio de barragens. Outros países queimam muito gás ou carvão, o que polui a atmosfera. Ou, então, investem na energia nuclear”, diz o professor.

Por outro lado, o profissional alerta para a necessidade de um controle de danos nos demais pontos importantes do meio ambiente. “As queimadas na floresta amazônica, em 2019, foram as piores da ultima década. Isso afeta as estatísticas de emissão de CO2″.

No que diz respeito ao universo marítimo, o especialista indica uma mudança nas normas internacionais ligadas ao carbono zero: “para a parte marítima, a IMO (Organização Marítima Internacional) está revendo as regras internacionais. Ela deseja implementar novas medidas a fim de chegar ao carbono zero em longo prazo”. Um dos objetivos traçados por essa alteração na norma é que, em 2050, o total de emissões marítimas internacionais não ultrapasse a metade do que foi emitido em 2012.

Em outras palavras, o país, em um cenário internacional, está caminhando rumo a um futuro com menores emissões, seja em função de regulamentações, seja pela evolução de estudos que trazem oportunidades alternativas. Isso tende a proporcionar diversas benesses.

Quais são os benefícios ao meio ambiente das operações marítimas com carbono neutro?

É provável que as vantagens de operações com o mínimo possível de emissão de carbono superem os desafios existentes. Afinal, a diminuição dos impactos que aumentam o efeito estufa culmina em vários elementos positivos, como:

  • redução ou desaceleração das mudanças climáticas;
  • aumento da biodiversidade;
  • melhores condições socioambientais;
  • incentivo ao uso de energias sustentáveis por parte das pessoas e empresas etc.

Garantir um futuro com qualidade de vida e bem-estar às próximas gerações é um trabalho que começa hoje. Em termos organizacionais, Feria complementa: “novos combustíveis estão sendo estudados, então é difícil prever como será o futuro. O importante é sempre buscarmos a maior eficiência para as operações utilizando as tecnologias existentes”.

Já Caprace dá sugestões que ajudam a minimizar as emissões: “algumas formas de fazer isso incluem a redução de velocidade dos navios e a troca de combustível. O ideal é não usar o diesel marítimo ou combustíveis pouco refinados. Também existem os painéis solares, que podem reduzir a necessidade de produzir eletricidade a bordo. A ideia é combinar soluções para aprimorar a eficiência energética do transporte marítimo e hidroviário”.

Quais são os benefícios para as empresas?

Além das vantagens ao meio ambiente, as organizações também garantem elementos positivos na gestão de resultados. Saiba quais são!

Aumento da competitividade

É inegável que a neutralização do carbono aumenta a competitividade. Afinal, as companhias que apostam nela trabalham sua imagem corporativa, otimizam os efeitos de sua pegada ecológica e colaboram com um futuro mais sustentável.

Economia de recursos

Uma das principais vantagens da busca pelas operações marítimas com carbono neutro diz respeito aos recursos. Feria fala sobre o assunto: “é importante ressaltarmos que, em muitos casos, um sistema mais eficiente do ponto de vista energético, além de reduzir emissões, gera também economia no processo”.

Caprace igualmente enfatiza tal benefício: “para o abastecimento de plataformas offshore e construção naval, ferramentas que ajudam a compreender melhor esse sistema complexo, indo do transporte à logística, podem ser aplicadas. Elas culminam no gasto mínimo de combustível”.

Abertura para novos mercados

Ao aprimorar sua credibilidade, as empresas atraem mais parceiros e clientes, o que permite que se abram aos novos mercados. Essa atitude otimiza as vendas, aprimora a visibilidade da organização e alcança melhores resultados.

A busca pelas operações marítimas com carbono neutro é imperativa por parte das agências. Tanto Caprace quanto Feria deixam claro que ela é uma possibilidade — mesmo que alguns desafios sejam percebidos. Afinal, as vantagens, sejam em termos ecológicos, sejam corporativos, os superam. Invista nessa ideia!

Se você se interessa por conteúdos referentes ao shipping agency e suas melhores práticas, não deixe de seguir a Wilson Sons nas redes sociais! Estamos no LinkedIn, Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Você também pode gostar

Deixe um comentário