Entenda como funciona a cotação no transporte marítimo internacional de cargas

corretagem de cargas
7 minutos para ler

Compreender os pormenores envolvidos no transporte marítimo internacional de cargas é importante. Afinal, ele é associado a várias oportunidades e representa quase a totalidade dos serviços do comércio exterior. Para lidar com os custos envolvidos no processo, existe o corretor — que realiza a cotação de frete e outros serviços.

Para aprofundar ainda mais a temática, conversamos com Daniela Kawano, Corporate Manager e Procurement & Pricing e Thais Perrella, Corporate Manager Ocean Product da Allink. Pioneira no segmento de LCL (less than container load), que será abordado ao longo do conteúdo, a empresa tende a enriquecer a compreensão do processo. Acompanhe!

Como funciona a cotação no transporte marítimo internacional?

A cotação na esfera do transporte marítimo internacional tem base na origem e no destino da carga, conforme acordo comercial com o comprador da mercadoria, chamado de Termos de Comércio Internacional — INCOTERMS. Segundo Kawano e Perrella, estão envolvidas no transporte internacional de cargas: a empresa importadora ou exportadora e o transportador ou agente de carga (freight forwarder) — intermediário que facilita a contratação de serviços de transporte e logística dentro do comércio exterior. O transportador pode ser armador (empresa encarregada de realizar o transporte marítimo) ou NVOCC.

Por meio de contato que pode ser por e-mail, telefone, Skype ou WhatsApp, o serviço é solicitado e a cotação se inicia. Para realizá-la, então, considera-se alguns fatores:

  • destino da carga;
  • origem;
  • INCOTERMS utilizados;
  • tipo de embarque, que pode ser específico ou com frequência regular, entre outros.
  • volume (CBM, Peso, quantidade, Tipo de mercadoria)

Parte fundamental da compreensão do tema é o conhecimento do conceito de NVOCC, sigla de Non Vessel Operating Common Carrier ou Transportador Comum Não Operador de Navio. As profissionais apontam: “Ele é um armador, transporta carga e assume a responsabilidade do transporte perante o embarcador. Enquanto ele é, para o armador de fato, o seu embarcador.

Em outras palavras, o ideal do NVOCC diz respeito a um transportador marítimo sem navios próprios que, por isso, utiliza-se do armador que o possui. Os principais serviços ofertados giram em torno da unitização de carga.

Por ela, entende-se, segundo as especialistas: “a colocação de diversas cargas em um contêiner para aqueles embarcadores que não necessitam utilizar o espaço completo de um contêiner inteiro”.

Daqui surge o termo LCL — less than container load, ou Contêiner com menos da sua capacidade, ou seja, termo utilizado quando a carga não preenche a capacidade máxima ou total de um contêiner. 

Quais são os principais pontos a serem considerados na cotação do transporte marítimo internacional de cargas?

Definidos os conceitos de transporte internacional, temos NVOCC, unitização de carga e LCL, é possível compreender o funcionamento do serviço de forma completa. É também interessante ter em mente que existe mais uma modalidade de cotação de transporte marítimo além da LCL. 

Trata-se da FCL — full container load. Enquanto o less than container load não ocupa todo o espaço do contêiner, o full container load o faz. Segundo as profissionais da Allink, o processo, em ambos os casos, pode ser realizado:

  • porto a porto;
  • porta a porta;
  • porto a porta;
  • porta a porto.

Kawano e Perrella também afirmam que “o tipo de serviço e a modalidade determinarão o valor por unidade (container ou metro cúbico/peso)”. Dessa forma, cada caso é analisado individualmente na negociação de fretes.”

Powered by Rock Convert

Ao trabalhar junto a uma empresa qualificada, é possível contar, também, com outras soluções interessantes em termos de agenciamento marítimo — shipping agency —, como o seguro de cargas internacionais — que trabalha com várias modalidades e é de grande relevância para quem atua no comércio exterior.

Quais são os cuidados necessários no transporte marítimo internacional de cargas?

A qualificação das empresas é o primeiro fator que exige atenção por parte dos responsáveis pela contratação de navios, logística e recebimento. Ela é importante uma vez que, além do seguro para transporte de carga adequado, o despacho aduaneiro correto deve ser sempre realizado, a fim de detectar quaisquer irregularidades no processo. Em seguida, mais alguns pontos exigirão atenção. Veja!

Informações completas

As especialistas confirmam a importância de acessar dados de forma completa: “o cálculo do frete marítimo — ocean freight — varia conforme alguns dados que precisam ser considerados pelo transportador. Por isso, é muito importante o cliente enviar as informações completas para ser elaborada a melhor proposta, considerando o serviço e a rota adequados para esse transporte.”

As informações que devem ser fornecidas são diversas e, além das já citadas, incluem:

  • tipo de produto, considerando, por exemplo, se ele é perigoso ou refrigerado;
  • peso;
  • tipo de embalagem;
  • dimensões;
  • tipo de contêiner e tamanho, se for utilizar o FCL;
  • quantidade etc.

Atendimento da organização contratada

O cliente deve atentar ao fato de que o transporte de carga se trata de uma operação comercial que conta com alguns obstáculos e riscos. Por esse motivo, é preciso buscar por um atendimento não apenas ágil, mas também eficiente, em caso de sinistro. A rapidez ao cumprir determinados procedimentos é fundamental para a manutenção da saúde financeira de seu negócio.

Transporte de cargas de alto nível

São diversas as leis, os procedimentos obrigatórios e as normas que circundam o universo dos navios de representação comercial, seus armadores — carrier — e afretadores — charterer. Além disso, as mudanças e atualizações que ocorrem a cada modificação de legislação exigem conhecimento por parte dos prestadores de serviço para que o transporte oferecido seja de alto nível. 

Para escolher o serviço parceiro ideal, é interessante focar:

  • a escolha dos profissionais prestador de serviços capazes de ajudar;
  • os detalhes de contrato;
  • informação do status do transporte em tempo real;
  • atendimento humanizado/personalizado;
  • o plano de gerenciamento de risco;
  • o nível de especialização etc.

Como a Wilson Sons é capaz de ajudar no processo de transporte marítimo internacional de carga?

Os Serviços Wilson Sons atuam nos principais portos do Brasil por meio de 18 filiais próprias. Seja na logística de equipamentos e documentações de embarque, seja no atendimento operacional da escala de navios de frotas regulares e não regulares, é possível contar com sua expertise.

 Outros serviços contemplados por seus profissionais incluem:

  • controle de demurrage;
  • corretagem de cargas;
  • gestão de logística dos contêineres;
  • documentação relativa ao transporte marítimo;
  • assistência à tripulação e comandantes;
  • inteligência portuária e de mercado;
  • angariação de cargas e muito mais.

A complexidade do transporte marítimo internacional de cargas exige a presença de profissionais especializados. Uma vez que o futuro da cotação de transporte de carga exigirá a presença de digitalização, inteligência artificial e autosserviços — acelerados pelo contexto de pandemia atual — contar com uma empresa que oferece comunicação e soluções ágeis sem renunciarem ao contato humano será fundamental.

Conte conosco para isso! Se você deseja saber ainda mais sobre as soluções oferecidas pela Wilson Sons, entre agora em contato.

afretamento marítimoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe um comentário